Delivery no Brasil: Desempenho e estratégias para se destacar neste canal

por | nov 18, 2020 | Relacionamento com cliente

Tempo de leitura: 7 minutos

Se tem uma fator que a pandemia acelerou muito neste ano, foi a transformação digital. Neste período, empresas de todos os tamanhos e segmentos foram forçadas a se desenvolver em novos canais de vendas e relacionamento com seus clientes, baseado em meios digitais.

Como grande parte dos comércios tiveram períodos de portas fechadas e quedas de faturamento no período inicial, os empresários não tiveram outra alternativa a não ser se adaptar ao delivery, fazendo a demanda por esse tipo de serviço aumentar consideravelmente.

E engana-se que esta tendência irá impactar apenas empresas do ramo alimentício. Hoje, o iFood, um dos principais aplicativos de entregas focados em delivery também funciona para mercados, pet shops e farmácias. Tem casos inclusive de lojas de conveniências e floriculturas que estão no ifood também.

Dessa forma, as empresas que sairão na frente em 2021, serão aquelas que olharem os canais de deliverys como mais um canal de relacionamento com seus clientes, de avaliação e aquisição de novos clientes.

Pensando nisso, criamos um material completo com informações relevantes sobre o setor de delivery no Brasil, e quais os fatores você deve focar para melhorar o relacionamento por este canal.

Vamos nessa?

O que é Delivery e como utilizá-lo de forma estratégica?

Embora possa parecer óbvio para algumas pessoas, o termo delivery quer dizer ‘entrega’ em português, e de uns anos pra cá, o termo se popularizou principalmente entre restaurantes, tornando sinônimo de pedir comida online.

Apesar da palavra ser diretamente associada a “entrega de comida”, ela serve para todos os outros tipo de delivery (de entregas). Para entendermos melhor o conceito de delivery, confira algumas dicas de como você pode utilizar esse serviço de forma estratégica no varejo.

#1 Monitore sua reputação online por este canal

Uma pesquisa realizada pela Reviews Trackers em 2018 apontou que 70% dos consumidores usam filtros de classificação em suas pesquisas por estabelecimentos, sendo que o mais comum está relacionado à classificação de 4 e 5 estrelas. Em outras palavras, as empresas que possuem nota abaixo de 4 estrelas nem aparecem nos resultados das pesquisas.

A maioria das empresas de delivery já utilizam esse sistema de reviews para avaliar os estabelecimentos, e essa pontuação torna-se a vitrine virtual do seu negócio, para pessoas que nunca compraram de você. Por isso, é fundamental gerenciar os reviews de seus clientes por essa plataforma.

A Harmo é a primeira e única plataforma de gestão de reviews do Brasil a ser parceira oficial do iFood!!

Através da nossa plataforma, você monitora a reputação online da sua marca nos principais sites de reviews do mercado, entre eles: iFood, Google Meu Negócio, Facebook, Tripadvisor, Yelp e vários outros. Obtenha dados consolidados de todos esses canais de uma única plataforma, e garanta responder todos os seus clientes de forma personalizada e no tom de comunicação característico da sua marca! Clique aqui e assista nossa demo.

#2 Esteja atento as informações básicas do seu negócio

Antes de fazer várias ações para atrair clientes para o seu delivery, é fundamental estruturar e completar todas as informações básicas do seu negócio. Isso porque, caso os usuários não tenham uma boa experiência, dificilmente voltarão a comprar e não vão recomendar seu estabelecimento para outras pessoas.

Por isso, preste sempre muita atenção na área da entrega, horários de funcionamento e equipe para pedidos de entrega. Se a empresa espera receber muitos pedidos no delivery, o ideal é criar um processo e um grupo separado só para essa função, visando não atrasar as entregas e nem gerar muito tempo de espera.

#3 Divulgue e atualize seus clientes por redes sociais

Praticamente, todas as pessoas estão presentes em alguma rede social hoje em dia, por isso, utilize esse canal de relacionamento para divulgar as novidades do seu negócio, junto de seus produtos e serviços.

#4 Personalize os entregadores

Seu time de entregadores também pode fazer parte da estratégia de marketing para delivery. Além de serem treinados para atender o cliente com educação e gentileza, eles podem divulgar a sua marca com material impresso e adesivos em seus uniformes ou na mochila de delivery, apresentando o logo da empresa, telefone e, até mesmo, cupons de desconto para aumentar a retenção ou aquisição de clientes.

Exemplo de divulgação da marca através de uniforme e mochila de delivery

Dados sobre o delivery no Brasil:

Entre os meses de abril e junho deste ano (2020), os gastos com os principais aplicativos de entrega de comida (Rappi, Ifood e Uber Eats) cresceram 94,67% no período, ou seja, quase dobraram na comparação entre janeiro e maio de 2019. (Mobills)

Confira mais dados que coletamos sobre o setor de delivery no Brasil:

  • Somente no primeiro trimestre, o James Delivery, plataforma do Grupo Pão de Açúcar (GPA), cresceu 800% em número total de pedidos e aumentou em 130% o ticket médio na comparação com o mesmo período de 2019. Propmark
  • Downloads de aplicativas para delivery cresceram 25% na pandemia. Valor Econômico
  • Os gastos com delivery cresceram, em abril, 60,67% em relação a março. O crescimento continuou aumentando: 39,58% (em maio) na comparação com o mês de abril. iDinheiro
  • Valor gasto por transação cresce até 90%. iDinheiro
  • Em 6 de março de 2020 o download de apps de delivery (incluindo os de delivery de comida) cresceu mais de 120% se comparado à mesma data em 2019 no país. Statista
  • O Brasil foi um destaque no setor de delivery na América Latina em 2020. O país foi responsável por quase metade do mercado, chegando a 48,77%. Depois dele vieram o México e a Argentina, com cerca de 27,07% e 11,85%, respectivamente. Delivery Much
  • O iFood registrou um crescimento de 116% entre novembro de 2018 e novembro de 2019, alcançando mais de 26 milhões de pedidos mensais.

Conclusão

Como você pode ter percebido, o delivery é muito mais do que um sistema de compra e entrega de comidas online. Esse serviço pode e deve ser utilizado também como um canal de relacionamento e aquisição de clientes e a tendência é só aumentar, por causa do desenvolvimento da digitalização no segmento.

O delivery pode ser uma grande oportunidade para as empresas de varejo, desde que elas mudem a forma como encaram o canal e passem a administrar sua reputação online como sua vitrine digital na aquisição de novos clientes.

Junte-se a nossa newsletter!

Mais de 15.000 pessoas consomem nossos conteúdos semanalmante.